sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Fingidores

  Todos nós desempenhamos o papel de actores neste filme a que chamo de: vida. Todos nós somos fingidores de sentimentos. Desempenhamos aquele papel, demonstramos aquele faceta esperando receber no final a reacção esperada: que acreditem em nós.
  Temos que seguir o guião até ao fim e fingirmos ser quem não somos ! Tornamo-nos em obras feitas e desenhadas pelos criador deste filme ! A fita vai passando e nós continuamos sempre com a mesma postura, sem nunca deixar cair a mascára nem deixar que os enganos dos outros afectem a nossa representação ! É só fazer o que é suposto fazer !
  Apenas temos um objectivo: mostrar aos outros que estamos sempre bem ! Mesmo que estejamos a chorar, dizemos que foi de tanto rir e a sinceridade é posta de parte porque não queremos mostrar o lado mais fraco ! Todos reconhecem a minha personagem como sendo a rapariga simples e que se ri de tudo e de nada (...) mas nem sempre a perspectiva que eu tenho da vida é feita de sorrisos, muito pelo contrário ! Problemas todos temos, e isso é uma verdade, mas, no meu caso, prefiro mostrar que não tenho ou os que tenho não me afectam para não terem "pena" de mim !
  Afinal, parece ser fácil ! Para sairmos vivos desta vida apenas temos de fingir, fingir para começarmos a pensar que o que é mentira se conseguiu tornar verdade, passando assim a vivermos numa pura ilusão.
  No final, recebemos os aplausos e a segurança de que, se os espectadores saíram da sessão com a sensação de que viram a verdade, é porque soubemos actuar como previsto.

31 comentários:

  1. obrigada pela força fofinha**
    gostei imenso do teu blog :b

    ResponderEliminar
  2. acredito que sim, muitas vezes o amor é posto à prova. vencem os melhores, e os mais fortes!

    ResponderEliminar
  3. há um texto no meu blog, ou até mais em que falo disto mesmo! Muito bem!
    Por vezes, somos mesmo obrigados a fingir.. as palavras não chegam para descrever o que sentimos. Aquilo que sentimos é algo diferente daquilo que conseguimos expressar, e logo por aí já estamos a fingir, a mentir.. mas não porque queremos, é porque assim tem de ser.
    beijinhos

    ResponderEliminar
  4. claro que tenho de agradecer :b

    ResponderEliminar
  5. eu sinceramente, já nem sei se quero que este supere. nem sei o que é melhor.

    ResponderEliminar
  6. mas quando a desilusão e a mágoa são grandes, é quase impossível pensar assim querida. mas obrigada (:

    ResponderEliminar
  7. Até estava a falar do último texto que está na página de blog. É de fernando pessoa, do heterónimo Bernardo Soares! Obrigada eu também, beijito

    ResponderEliminar
  8. é mesmo querida. vamos ver como isto fica , vamos ver. só as atitudes o dirão.

    ResponderEliminar
  9. sim, é muito importante termos alguém que esteja connosco e que goste de nós.

    ResponderEliminar
  10. vais ser sempre muito bem vinda querida. e espero que em breve hajam novidades quer sejam boas ou não. porque eu não gosto de viver a meio termo, para mim ou é ou não é.

    ResponderEliminar
  11. é verdade sim senhora. mas , demore o tempo que demorar, tudo um dia volta à normalidade. eu pelo menos acredito nisso.

    ResponderEliminar
  12. não o percas de vistas, porque também não perco o teu ;) aliás, vou seguir!

    ResponderEliminar
  13. já? mas não apareço na lista de blogs que estás a seguir.. :o

    ResponderEliminar
  14. (e antes não andavas cá, porquê?)

    ResponderEliminar
  15. obrigada , obrigada mesmo *-*

    ResponderEliminar
  16. Adorei este teu texto comparando um teatro à vida.. Sim, eu lembro-me e acredita que me soube muito bem ter apoio de alguém que nem me conhecia. É verdade que estou melhor, mas não quer dizer que os problemas tenham desaparecido, muito pelo contrário. Eles continuam cá, nomeadamente a situação em casa, mas eu tenho de ser forte e tentar abstrair-me disso. Obrigada pela preocupação! Dá notícias, beijinhos <3

    ResponderEliminar
  17. Adoro o texto e é completamente verdade *-*

    ResponderEliminar
  18. ADORO *_* , sigo, segues o meu o: ?

    ResponderEliminar
  19. nada nem ninguém. é mesmo isso que sinto: um vazio. e tão grande !

    ResponderEliminar
  20. Ainda bem que não achas estúpido aquilo que escrevo. O meu sonho é ser feliz ! Eu sou uma pessoa que sonha muito alto o que nem sempre é bom. Obrigada pelas palavras princesa *-*

    ResponderEliminar
  21. Adoreeeei o teu blog, óbvio que sigo :)
    Gostava muito que desses a tua opinião sobre o meu http://voltar-ao-inicio.blogspot.com/ e se gostasses, seguisses :) Beijinhoooooos *

    ResponderEliminar
  22. aah, não sabia que isso dava para fazer.. por isso perguntei ahaha

    ResponderEliminar
  23. Pois mas é que eu passo a vida a sonhar e vejo sempre aquilo como " a coisa que tenho de fazer " e por vezes dou mais atenção aos sonhos do que á realidade :c
    é mesmo verdadeira *o*

    ResponderEliminar
  24. eu sinto-me igual a ti, acredita. ele era a outra metade de mim. era mesmo! como se fosse a peça que equilibrava a minha vida. agora, estou desequilibrada, incompleta.

    ResponderEliminar
  25. pois não há mal nenhum, mas neste momento eu tenho de me concentrar noutras coisas não nesse sonho, e não consigo :x

    ResponderEliminar
  26. Eu só quero é que isto passe, e ser mesmo feliz *-*

    ResponderEliminar
  27. Também espero que sim, coisas más já bastam. Obrigada querida. Digo-te o mesmo, sempre que precisares sabes onde me encontrar! Beijinhos :)

    ResponderEliminar
  28. Espero bem que sim, mas que passe rápido *-*

    ResponderEliminar